Gilmar Mendes resolve processar jurista por chamá-lo de ‘marginal’

Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

 

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes resolveu processar o jurista Modesto Carvalhosa após o magistrado chamá-lo, em uma entrevista realizada nesta semana, de “marginal” que “solta pessoas que dão donativos”.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Carvalhosa acusou o ministro de embolsar “parte desse dinheiro também”. O recurso que ele se refere é de um instituto de educação do qual Gilmar Mendes é sócio.

“A declaração foi feita e tenho que arcar com a responsabilidade”, disse o jurista. Ainda segundo ele, se for efetivamente processado também vai processar Gilmar, já que foi chamado de “senil” numa sessão do STF.

 

*Metro1