Pré-campanha apática de Alckmin vira munição para Bolsonaro

Foto: reprodução/O Globo

 

A apatia da pré-campanha de Geraldo Alckmin virou munição para a tropa de choque de Bolsonaro.

A última da turma do ex-capitão foi produzir um vídeo comparando a recepção a Alckmin, na segunda-feira, no aeroporto de Aracaju, com a que foi proporcionada a Bolsonaro, meses atrás.

Enquanto Bolsonaro foi recebido por uma turba ensandecida, uma quantidade mínima de pessoas aguardava por Alckmin.

Aliás, recepções tímidas têm se tornado uma constante na pré-campanha tucana.

Quando Alckmin lançou seu plano de segurança no Rio de Janeiro, sequer conseguiu ocupar as mesas do clube reservado para o evento. Jornalistas foram convidados a ocuparem os lugares vazios.

* O Globo