Michel Temer libera mais verbas a congressistas

A menos de seis meses para o fim do mandato, o presidente Michel Temer (MDB) acelerou a liberação de verbas do Orçamento indicadas por parlamentares.

Segundo divulgado hoje (10) pelo Estadão, foram R$ 5,8 bilhões pagos em emendas individuais até a primeira semana de julho, mais do que o total do ano passado inteiro (R$ 4,92 bilhões) e praticamente o mesmo desembolsado em 2016 (R$ 5,92 bilhões), quando ocorreram as eleições municipais.

O governo argumenta que o aumento do ritmo do pagamento de emendas se deu por causa do período eleitoral. A lei proíbe a transferência de recursos da União a Estados e municípios nos três meses que antecedem a votação

As emendas parlamentares são usadas por deputados e senadores para direcionar recursos para obras ou serviços nos redutos eleitorais. Incluem desde dinheiro para obras de infraestrutura, como pontes, até valores para programas de saúde e educação.

*M1




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *