Depois do STF, MPF aprova reajuste de 16,38% em salário de procuradores da República

 

O orçamento do MPF para o ano de 2019, foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF), nesta sexta-feira (10). A estimativa de gastos inclui o reajuste de 16,38% para todos os procuradores da República, a exemplo do que fizeram os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana em relação a seus próprios salários.

O valor total do orçamento do MPF para o ano que vem é de R$ 4,067 bilhões, quantia que engloba os R$ 101 milhões a mais que devem passar a ser gastos com os salários dos procuradores da República. Caso o reajuste seja confirmado pelo Congresso, o salário de um procurador da República deve superar os R$ 33 mil.

Na justificativa utilizada após a aprovação, os membros do CSMPF disseram que a Constituição prevê a paridade entre juízes e membros do MP, que assim têm direito a reajuste com o mesmo percentual dos magistrados. “É um verdadeiro imperativo”, afirmou o subprocurador-geral da República Mario Bonsaglia.

*BN*