Bancada baiana no Congresso veda recondução de coordenadores

Bancada baiana no Congresso veda recondução de coordenadores

Foto: Divulgação

Ao eleger o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) como coordenador, a bancada de congressistas da Bahia também vedou a recondução de coordenadores em uma mesma Legislatura. Com a decisão, ficará imposto o revezamento de parlamentares no cargo.

 

A eleição de Almeida marcou presença de maior parte dos parlamentares eleitos pela Bahia, com exceção dos deputados federais Abílio Santana (PR), Afonso Florence (PT), Antônio Brito (PSD), Joseildo Ramos (PT), Mário Negromonte Jr. (PP), Ronaldo Carletto (PP) e Valmir Assunção (PT).

 

Na ocasião, Daniel Almeida venceu o pleito contra os deputados José Rocha (PR) e Cacá Leão (PP). Paulo Azi (DEM) foi escolhido vice-coordenador por unanimidade da bancada. O mandato do comunista seguirá até 1° de fevereiro de 2020.

 

A bancada estadual é formada pelo conjunto dos senadores e deputados de cada estado, ou do Distrito Federal, independentemente da sigla partidária, e fica responsável por representar os interesses da unidade federativa de origem no Congresso.

BN