“Chega de Brasília, mais municípios”, diz Nilo no plenário da Câmara

O deputado Marcelo Nilo (PSB/Ba) lançou uma campanha no Congresso Nacional “Chega de Brasília, mais municípios”. Com mais de R$ 200 milhões de obras do Governo Federal paralisadas na Bahia e R$ 2,6 bilhões em todo o país, o deputado socialista resolveu colocar a boca no trombone e denunciar a falta de repasses aos municípios previsto no Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
Nilo explica, que prefeitos de todo o país chegam – ano após ano – em Brasília com o pires na mão, implorando do Governo Central o repasse de verbas essenciais para o desenvolvimento das cidades. “O dinheiro das prefeituras vai todo para pagamento de folha, custeio. Não têm dinheiro para obras, pois, a maior parte dos impostos ficam com o governo federal”, apontou Nilo e provocou: “Bolsonaro foi eleito com a promessa de aumentar a fatia do bolo para as prefeituras e diminuir a participação do Governo Federal. Já tem 100 dias de governo e tá na hora de começar a pagar o que deve”, avisou.

Informe – A Bahia ocupa a quarta posição entre as unidades da Federação com maior número de intervenções paralisadas.
A interrupção afeta todo o país, especialmente nas áreas da saúde, habitação e infraestrutura. “Os municípios demoram para receber os recursos pactuados e não possuem, na maioria dos casos, verbas próprias para levarem as obras adiante. Por isso, elas ficam paralisadas ou nem chegam a ser iniciadas”, diz Marcelo Nilo.