Dodge quer prioridade em julgamento de ações contra álcool em estádios

Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) ontem (12) um pedido de prioridade no julgamento de quatro ações diretas de inconstitucionalidade (ADI) pela Corte. Delas, três tratam da venda de álcool em estádios de futebol, e a outra trata da possibilidade de servidores do Judiciário baiano de se tornarem titulares de serviços notariais e de registro público sem passarem por concurso público.

Dodge destaca “a importância dos temas” e pede “prioridade na inclusão dos processos em pauta para julgamento em plenário com a maior brevidade possível a fim de suspender a eficácia das normas impugnadas”. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Comunicação Social da Procuradoria.

 

*Metro1