Jovem diz ter sido agredida por ex-namorado em Santo Antônio de Jesus

Jovem relata agressão física de ex-namorado no domingo (08) em Santo Antônio de Jesus. A vítima  Victória Fonseca divulgou em sua página de Facebook que após uma tentativa de reconciliação, foi agredida fisicamente pelo ex. “Namorei com Luan Sacramento por 2 anos e tivemos que terminar por eu estar indo morar em São Paulo por conta da faculdade. Fui passar um final de semana em Santo Antônio de Jesus e nos reencontramos. Saí com minha amigas como de costume, onde o encontrei, bebemos e em uma tentativa de reconciliação, ele depois de me acariciar como antes iniciamos um diálogo”, disse. De acordo com ela, o agressor afirmou que ela o traiu e iniciou uma a agressão verbal e, em seguida, agressão física. “Quando percebi que isso configurava agressão moral e psicológica, tentei ligar para minha mãe ao passo que implorava para parar. Mas não adiantou. Ele utilizou de agressão física. Isso mesmo, ele que dormia na minha casa, participou de momentos em família, começou a me dar tapas e socos no rosto, ainda afirmando que iria me matar. Em meio a momentos de terror, sob graves ameaças de morte e de outra surra, tentava ligar para minha mãe e ao mesmo tempo me defender tentando segura-lo”, comentou. Ela falou que conseguiu sair e pedir ajuda na recepção de um hotel às 03h. Depois ela registrou queixa na delegacia. Veja um trecho do depoimento da vítima após ser agredida:

Era por volta das 3h da manhã, ligamos para um taxi, quando Luan chegou como se nada tivesse acontecendo. Me perguntando “pra que isso Victória?” “ Você bebe para chamar a atenção?”, tentando, segundo ele me levar para casa.

 Ao chegar em casa com um Taxi, relatei o ocorrido para minha mãe, tomei as medidas cabíveis, foi efetuado o corpo de delito, e provado para as autoridades policiais o terror que passei naquela madrugada de domingo (08/04).

Hoje espero pela Justiça, o mandato  já foi expedido, as medidas de segurança já foram tomadas e vim relatar essas horas de terror que sofri com um EX-NAMORADO que simplesmente não aceitou minha ascensão, meu ingresso na faculdade, que de maneira COVARDE E MACHISTA não aceitou o final do relacionamento tentando me empurrar um caráter comportamental que era dele.

Meu objetivo nesse texto é mostrar que por trás de um rostinho conhecido pode existir uma personalidade que ninguém imagina e apoiar essa causa que em meio ao século XXl, com tantos protestos, com tantas políticas contra a violência contra mulher, eu sou mais uma vítima. Assim como eu existem milhares de mulheres que sofrem isso no mundo. Isso pode acontecer com sua irmã, sua filha, sua amiga etc. alguém que você conhece. Diga NÃO a violência doméstica. DENUNCIEM! Não se calem e não tenham medo! E tenham a certeza que tem coisas que Deus não tira de você, ele TE LIVRA. Me ajudem compartilhem essa atrocidade!

Em contato com o Blog do Valente, o acusado negou a agressão e disse que tem provas para mostrar a justiça. veja aqui.