SAJ: suspeito pediu desculpas a ex-companheira e a matou em seguida, dizem testemunhas

Suspeito pediu desculpas a vítima antes mata-la, em Santo Antônio de Jesus. O que parecia ser um arrependimento pelas agressões foi na verdade uma forma de aproximação usada por Gilvan Cerqueira para tirar a vida de Nilda Pereira, 43 anos. De acordo com informações de testemunhas que o acompanharam a casa da vítima, Gilvan pediu desculpas e em seguida a matou. Segundo a delegada Patrícia Jaques, Nilda recebia constantes ameaças do ex e já registrou duas ocorrências por agressão, tendo medida protetiva. Ela foi assassinada a facadas dentro de sua residência na Juerana. Os vizinhos relataram ter visto o ex-companheiro ir à casa de Nilda e horas depois o sangue da vítima escorrer pela varanda. A polícia continua buscas pelo suspeito.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *