Alexandre Garcia: “As pessoas não aceitam gratuitamente essa covardia e ficam com medo de contestar essa ideologia de gênero”