Alexandre Garcia: “O estado está inchado e presta maus serviços públicos”