Programa do Valente comenta massacre em Suzano: “Bullying, jogos, desestrutura familiar?” o que motivou o crime; assista

O massacre em Suzano em São Paulo que resultou na manhã da última quarta-feira, 13, chocou toda a população brasileira com tamanha crueldade dos assassinos. (Leia aqui), foi um dos assuntos comentados durante o Programa do Valente desta quinta-feira, 14. O que levou a dois jovens e antigos estudantes da unidade escolar retornar ao ambiente escolar e matar os adolescentes e funcionários do local. Seriam eles motivados pelos jogos violentos através do vídeo game ou uma desestrutura familiar? Ou esses jovens no passado foram vitimas de bullying na escola ou queriam testar o poder através das armas. A resposta a esses questionamentos ainda não são claras, mas o alerta que fica é de que todos, inclusive os adolescentes precisam ser acompanhados e acolhidos no seio familiar.  Júlio Torres, representante do curso Gregor Mendel que convive diariamente com jovens e a educação lamenta o ocorrido e lembra que é preciso humanizar. “Ficamos tristes e assustados com a situação. A gente ver a necessidade de humanizar a nossa educação. Falta muita coisa, consciência, humanização”, disse.