‘Pai, meu pai, pai nosso’ – homenagem da psicanalista Gilnes Sampaio aos pais

PAI, MEU PAI, PAI NOSSO
Não consigo falar sobre pai sem falar do MEU PAI. Ele já reside no mundo espiritual, mas, deixou uma residência fixa no plano terreno: o meu coração. Ele sempre foi e sempre será uma figura de grande significado na minha vida. Ele não teve sequer o nível fundamental, foi apenas alfabetizado, mas, sabia como ninguém, cumprir a sua função de pai. Foi um pai mais que presente. Mostrou caminhos, foi protetor e provedor. Não se limitou a prover o alimento, a educação e a saúde física. Indo além disso, ele foi provedor de alimentos, educação e saúde psíquica, afetiva, emocional. Mais que uma confiança básica, ele me fez forte e autoconfiante, o suficiente, para o enfrentamento das dificuldades inerentes à vida humana. Mais do que reconhecimento, ele me deu o amor necessário para a construção e manutenção da minha autoestima. Nas minhas insegurança diante dos obstáculos ou dificuldades , ali estava ele a me dizer “vai fundo, sem medo, eu estou aqui”. Nas minhas quedas, eu chorava, ali estava ele me estendendo a sua mão e enxugando as minhas lágrimas enquanto me dizia “levanta, segue em frente, as quedas servem para sinalizar os nossos erros, da próxima vez você faz melhor”. Nos meus cansaços, ali estava ele a me dizer “falta pouco, você já está chegando, vamos aproveitar enquanto o vento está soprando”.

PAI NOSSO
Esse pai que é meu, que é teu, que é NOSSO. Que bom te um PAI todo poderoso. Que bom ter um pai que está ao nosso lado, à nossa frente, caminhando junto, nos observando e nos cuidando todos os dias, o dia todo. Não abro mão desse privilégio de ter um PAI NOSSO, mas também procuro seguir o SEU Caminho, para merecer o título de Filha de Deus. Nesse item, o mais importante, meu pai me ensinou o respeito, a obediência e o temor às Leis Divinas, sempre repetindo “só tenho medo do castigo de Deus”.
PAI, Parabéns pelo seu dia!
Você tem a mais linda função: fecundar, criar, amar, prover, dar limites, educar, privar, indicar a direção, proteger…
Parafraseando Roberto Carlos, “é assim seu amor sem limites… o maior e o mais forte que existe”.
FELIZ DIA DOS PAIS!
Gilnes Sampaio
Psicanalista