PROGRAMA DO VALENTE: Gerente executivo do INSS informa que um simples pedido do beneficiário pode bloquear empréstimos indevidos

 

 

O programa do Valente dessa segunda-feira (18) recebeu o gerente executivo do INSS, Gabriel Queiroz que, junto com as advogadas Cíntia Silva e Joelma Santos Silva, que também participaram do programa, fez orientações a respeito dos empréstimos com renovação não consentida pelos aposentados e segurados do INSS.

O agente previdenciário informou que devido a reincidência de casos em que os beneficiados são lesados, caso a Procuradoria aprove, “o INSS pretende, “bloquear os benefícios por um determinado tempo para que não haja empréstimo”. A medida prevê o bloqueio dos benefícios por três meses afim de coibir as práticas de empréstimos que estão prejudicando os segurados.

Outro problema para o qual o gerente executivo do INSS e as advogas chamaram a atenção é para a questão da renovação de empréstimos sem consentimento do segurado. Sobre isso, o gerente  informou que o INSS, quando procurado, bloqueia o empréstimo e solicita que o banco autor do empréstimo apresente, em 48 horas, o documento que comprove a renovação. Se o referido documento não for apresentado, a consignação será excluída.

O agente do INSS, esclareceu ainda que valores que forem descontados não são de responsabilidade do INSS, mas sim um caso de justiça.  Então, assim como as advogadas Cíntia Silva e Joelma Santos Silva, ele orienta que os beneficiários lesados devem procurar um advogado e entrar com uma ação para que os danos sejam ressarcidos.

*Blog do Valente