OMS aponta queda de mortes por tuberculose nos últimos anos

Foto: Agecom

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta segunda-feira (30) que o número de mortes por tuberculose caiu 37% em todo o mundo, entre os anos de 2000 e 2016. Foram registradas grandes quedas na Europa e na região Ásia-Pacífico. Ainda assim, a tuberculose permanece como a principal causa de morte por doença infecciosa. O relatório apontou um total de 6,3 milhões de novos casos da doença em 2016, o que representa um aumento em relação a 2015, quando foram registrados 6,1 milhões de novos contágios. “Enquanto o mundo se comprometeu a acabar com a epidemia de tuberculose até 2030, ações e investimentos não correspondem à retórica política. Precisamos de uma abordagem dinâmica, global e multissetorial”, afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, em nota. A organização ainda alertou para o fenômeno do fortalecimento da tuberculose pelo HIV, que tem especial incidência na África. Apenas em 2016, houve 1,67 milhão de mortes por tuberculose entre pessoas com HIV.

*BN