Percentual de homens com diabetes cresce em 54% no Brasil

Foto: Shutterstock

O percentual de homens com diagnóstico de diabetes aumentou 54%, entre os anos de 2006 e 2017, de acordo com dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). Há 11 anos, o percentual de homens com a doença era de 4,6%. Agora o índice passou para 7,1%. Já entre as mulheres, o crescimento foi de 28,5% no mesmo período. No entanto, o índice de 2017 foi maior, em comparação aos homens: 8,1%. “O diabetes é uma doença crônica que pode ser evitada, desde que  hábitos saudáveis, como uma alimentação adequada e a prática de atividade física, sejam adotados. O objetivo do Vigitel é monitorar anualmente esses fatores de risco e proteção para doenças crônicas e, com isso, acompanhar indicadores de saúde que dão subsídio a formulação e reformulação de políticas públicas”, afirmou Marta Coelho, coordenadora de programa de doenças não transmissíveis do Ministério da Saúde. A pesquisa apontou também que, com a idade, o indicador de diabetes aumenta, principalmente entre idosos com mais de 65 anos (24%).

*BN