Dr. Cristóvão Andrade explica quando é necessário fazer biopsia do colo de útero

O ginecologista Cristóvão Andrade explica quando é necessário fazer biopsia do colo do útero e quais os procedimentos para prevenir o câncer. Em contato com o radialista Léo Valente, Dr. Cristóvão disse que a biopsia é um procedimento onde o médico ginecologista tira um pequeno fragmento do local do colo do útero onde normalmente existe uma mancha e encaminha para o patologista fazer uma análise. “Essas manchas são lesões que chamamos de pré-maligno, o câncer no colo do útero não aparece da noite para o dia, por isso a necessidade de fazer o exame que chamamos de preventivo ginecológico”, comentou. De acordo com ele, a mancha pode ser detectada antes de virar câncer. Com base no resultado da biopsia, o médico vai informar ao paciente qual o tratamento ideal. “Pode variar desde a cauterização popularmente chamada de queimagem que é um aparelho elétrico que produz calor e a ponta destrói a mancha ou a CAF que é a cirurgia de alta frequência onde tira o pedaço da mancha”, disse. Segundo o ginecologista, quando o paciente faz a biopsia pode perder um pouco de sangue, para isso, é necessário ter alguns cuidados como abster de ter relações sexuais durante 30 dias, “mas não precisa deixar de trabalhar, pode ter a vida normal, com exceção da relação sexual. Quanto ao procedimento no colo é comum o médico passar um creme para auxiliar na cicatrização e pode ser usado no mesmo dia. Realizar biopsia é bastante simples, nada de extraordinário, mas sobretudo de extrema importância para prevenir”, alertou.