Clima desconfortável entre a Superintendência de Trânsito e a Secretaria de Obras

 Um exemplo do clima de desentendimento entre a  é uma espécie de quebra-molas, que o povo chama de “cabeça de frade’ em frente a Igreja Batista Palavra Viva, na AV. Prudente de Moraes. Segundo Walter Coelho, aquela obra é uma mudança no trânsito, por tanto, é do seu setor, mas ele alega que não foi consultado quando viu já estava pronto. Walter entendeu como desconsideração por parte do secretário Durval Samuel e que faltou comunicação, a declaração foi feita por Walter em entrevista no programa Andaiá Urgente da Rádio Andaiá FM .A obra foi feita de forma errada porque visava proteger os carros que saem do shopping, da maneira que foi feita nem para isso serve e terá que ser refeita por não atender aos objetivos pretendidos. Dinheiro público jogado fora. Não é primeira vez que uma obra coordenada por Durval precisa ser refeita.