Portaria permite que bolsista do ProUni financie restante da mensalidade

Uma portaria assinada neste sábado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, estabelece a possibilidade de financiamento da parte não coberta pelo ProUni (Programa Universidade para Todos). O benefício cobre 50% do valor da mensalidade e, com a medida, o estudante poderá financiar os outros 50%. A assinatura do documento ocorreu em Nova Iguaçu (RJ), em encontro do ministro com o prefeito Lindberg Farias (PT) e alunos beneficiados pelo programa no Fórum Mundial da Educação. Para entrar em vigor o decreto precisa ser publicado no 'Diário Oficial da União', o que deve ocorrer na terça-feira (1º).