Crise do PT e PMDB dá força a ACM Neto, avalia Dirceu

 

Caso a decisão de lançar candidatura própria em Salvador seja consumada, sem apoiar a reeleição do prefeito João Henrique Carneiro (PMDB), o PT estará cometendo um erro, independente do resultado da disputa no primeiro turno. A avaliação foi feita pelo deputado cassado José Dirceu (PT-SP). Dirceu acha que a desculpa de que a eleição tem dois turnos e que o PT poderá apoiar o prefeito João Henrique  no segundo favorece candidatura dos rivais ACM Neto (DEM) e Antonio Imbassahy (PSDB), o que “evidentemente é um cenário que não interessa ao PT”. Em seu blog, o ex-ministro da Casa Civil avalia que a imagem que o PT passará é a de que “só faz alianças quando lhe interessa e não abre mão para aliados quando esses correm riscos e necessitam de apoio”.

Nossa Opinião: O candidato do PT não terá moral nenhuma para criticar a administração João Henrique, pois contribuiu para a péssima administração que foi a do pmdebista, comandando inclusive umas das pastas mais importantes de qualquer administração, a Secretaria de Saúde. Sabe-se que se João Henrique for para o segundo turno com ACM Neto receberá o apoio do PT, mas se o PT for para o segundo turno com o DEM será que receberá o apoio do magoado PMDB?