Informações categóricas levam casal ao crime

 

No dia em que Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá deixaram a cadeia, o promotor que acompanha o caso concedeu uma nova entrevista. A mais contundente até agora. Francisco Cembranelli conta que testemunhas descreveram o que aconteceu no apartamento momentos antes do crime.“Essas testemunhas indicaram que 10 minutos antes de tudo ocorrer deu-se uma ferrenha discussão entre o casal no interior do apartamento. Sendo reconhecida a voz da pessoa que discutia, comparada posteriormente com a voz da Anna Jatobá no momento em que gritava ao telefone celular no térreo ao lado do corpo da menina”, afirmou o promotor.“Posso indicar claramente que nesse momento existem elementos bastante contundentes que abalam as versões trazidas pelo casal. Há informações preliminares do Instituto de Criminalística que nos permitem concluir, são informações categóricas, que permitem vincular o casal aos ferimentos sofridos por Isabella e ao que ocorreu na cena do crime”, completou o promotor. (fonte: O Globo)