Wagner anuncia obras em Feira e em Cruz, já em Santo Antônio…

A visita do governador a Cruz das Almas e a Feira de Santana foi bem diferente da que ele fez em Santo Antônio de Jesus. Aqui o governador não inaugurou nenhuma obra significativa e muito menos anunciou qualquer investimento. O argumento utilizado pelo governador e repetido por Ailton do Sindicato foi de que Wagner não é de promessas. Mas Wagner fez promessas em Cruz das Almas e em Feira. Neste caso há duas hipóteses: ou Wagner é um tipo de político aqui e diferente em outras cidades ou quem sabe é do tipo que não promete o que não vai cumprir. Sendo a segunda opção a mais provável, poderemos concluir obviamente que Wagner vai investir em Feira de Santana e em Cruz das Almas e não em Santo Antônio. A verdade é que não temos nenhum político com força no governo. O prefeito e a Câmara fazem parte da oposição. Os nossos petistas não têm influência no governo. Enquanto Cruz das Almas tem um prefeito do partido do governador e Feira tem três deputados aliados ao governo, Colbert, Zé Neto e Sérgio Carneiro. A tendência de Santo Antônio é ficar mesmo com a cuia na mão por mais tempo.