Corpo de Bombeiros alerta para botijões e mangueiras sem selo do Imetro

O comandante do Corpo de Bombeiros Marcos Magno alerta para as mangueiras utilizadas pelos vendedores de acarajé, pasteis e o tipo de botijão utilizado, o P2 (tamanho pequeno) que não tem válvula de segurança e quando submetido ao calor pode explodir. Além disso, utilizam estes ambulantes que trabalham com mangueira de fabricação clandestina sem selo do Imetro, sem observância de marca, registro de abertura e fechamento, portanto, sua fabricação não segue normas de segurança. A preocupação surge após um princípio de incêndio ocorrido no sábado em Cruz das Almas, causado por uma mangueira de fabricação clandestina ligada diretamente ao fogareiro. O corpo de bombeiro vai fazer orientação e solicitar a prefeitura que faça uma fiscalização mais rigorosa através de técnicos da vigilância sanitária.