Ebal anuncia concurso para 200 vagas

*Da Redação, com informações do Correio da Bahia

A Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), administradora das lojas da rede Cesta do Povo, vai realizar concurso público para contratação de funcionários, em substituição à mão-de-obra terceirizada que atua nas atividades finalísticas e permanentes dos estabelecimentos, a exemplo do apoio administrativo e analistas de sistema. Além disso, segundo o presidente da Ebal, Reub Celestino, todo o quadro de funcionários das novas unidades será preenchido através de concurso. Levando em conta a previsão de abertura de 30 lojas Cesta do Povo até o final do ano, e os trabalhadores que serão substituídos, devem ser ofertadas cerca de 200 vagas, abrangendo também funções como de fiscal de caixa e repositor de depósito. O desligamento dos terceirizados foi determinado pela Justiça do Trabalho, que estabeleceu o prazo de 30 dias, a contar de 10 de junho, para que a Ebal regularize o quadro, sob pena de pagamento de multa de R$ 50 mil. O presidente da Ebal, Reub Celestino, disse, no entanto, que vai entrar com pedido de prorrogação do prazo, para que haja tempo de substituir os terceirizados por meio de seleção pública.