O PMDB quer o PT como vice na majoritária, mas impõe condições para coligar na proporcional

O PT já está convencido de que não é uma boa idéia partir para uma candidatura a prefeito. Isto é percebido na conversas com líderes do partido. O partido sente a necessidade de pelo menos existir no quadro político da cidade, ter ao menos um cargo eletivo e sabe que sozinho não consegue isso é necessário fazer uma boa coligação. A proposta está sendo feita ao PMDB. Mas os candidatos a vereador do partido de Humberto Leite dizem que só aceitam compor caso Ailton ou Uberdan seja vice de Humberto. Isso porque pelas previsões a coligação só faria dois ou três vereadores. Os candidatos do PMDB temem que Ailton e Uberdan sejam os mais votados e consequentemente eleitos. O objetivo do PT ao abrir mão de lançar candidato a prefeito é justamente tentar eleger ao menos um vereador, para isso precisam de Ailton e Uberdan como candidatos.