Humberto Leite não poderá usar fala de Lula e Wagner no programa de rádio

 

Os partidos que contavam com a aparição das figuras do presidente Lula e do governador Jaques Wagner nas propagandas de TV na corrida da prefeitura de Salvador sofreram um duro golpe neste sábado (12). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou resolução em que determina que o presidente e governadores só poderão aparecer em propagandas políticas de seus próprios partidos (no caso da Bahia, apenas no programa de Walter Pinheiro), sob pena de suspensão das propagandas por quantos dias julgar o Tribunal. Pior para João Henrique (PMDB) e Antônio Imbassahy (PSDB), virtualmente apoiados por Wagner, e que usarão o discurso de que os palácios do Planalto e Aclamação os auxiliarão na administração da capital baiana. (fonte: Bahia Notícias)