Olarias de Maragogipinho vão ser abastecidas com madeira plantada

 

No distrito de Maragogipinho, em Aratuípe, será construído um viveiro com capacidade para a produção de 100 mil mudas por ano. A construção faz parte de um convênio firmado pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e prefeitura do município, e que tem como objetivos o reflorestamento, recomposição de matas ciliares e arborização urbana. O viveiro vai suprir a demanda por madeira das 135 olarias de Maragogipinho, considerado o maior centro de cerâmica da América Latina. As obras serão iniciadas na próxima semana, com apoio técnico da Sema. (fonte: Atarde)