Debates devem revelar as idéias por trás dos candidatos em Santo Antônio

Histórico pessoal, currículo de serviços prestados à cidade, carisma, aceitação popular – esses requisitos básicos para que um cidadão possa se eleger prefeito de Santo Antônio de Jesus deverão se tornar mais evidentes do que nunca a partir da série de debates que estão previstos para acontecer na virada do mês na maior parte dos órgãos de comunicação da cidade.   Comenta-se que fulano ou beltrano estaria pensando em não aparecer em alguns deles, ou em todos.  De pronto podemos concluir, caso o boato tenha algum fundo de verdade, que se algum candidato deixar de comparecer à uma tribuna de debate na disputada campanha política de Santo Antônio estaria contribuindo decisivamente para o afundamento da sua candidatura.   Fofocas a parte, o eleitor está sendo alertado na TV todos os dias sobre a importância do voto consciente.  Uma certa propaganda me chamou a atenção : um personagem aparece agoniado com o som de uma abelha na cabeça.  Em dado momento, diz que de tanto sofrer acabou se acostumando com o zumbido indesejável.  No final, a comparação é feita – algo como: se você não votar certo nessas eleições terá quatro anos de dor de cabeça pela frente.  E eu aqui emendo: se não aproveitarmos esses meses de campanha para discutir o que realmente interessa na cidade com seriedade e compromisso ético teremos mais quatro anos para reclamar da sorte.