Deputado denuncia favorecimento de prefeituras do PT pelo Governo do Estado

As críticas da oposição na Assembléia Legislativa em relação ao governo do Estado estão cada vez mais ácidas. O líder da minoria, deputado Gildásio Penedo (DEM), tentou desmontar mais um discursos do “governo republicano do PT”, de que o Estado não usaria critérios do apadrinhamento político na distribuição de verbas e que todos os municípios, administrado por aliados ou adversários seriam contemplados. O democrata assegura que no final do ano passado, entre os meses de novembro e dezembro, a Conder, braço importante da Secretaria de Planejamento que trata de infra-estrutura urbana,distribuiu, a título de transferência voluntária,  R$41,651 milhões dos quais 78% foram destinados a prefeituras petistas. Vitória da Conquista, administrada pelo PT, foi o município que mais recebeu verbas da Conder, quase R$10 milhões, seguido de Alagoinhas, Amargosa, Baixa Grande, Banzaê, Carinhanha, Central, Cruz das Almas, Nova Redenção, Pintadas, Itiúba e Maragogipe. “Estes municípios ficaram com 78% das verbas, enquanto o PSDB foi agraciado apenas na cidade de Itiruçu, o PMDB teve três municípios beneficiados e nenhuma cidade administrada pelos Democratas recebeu verbas da Conder. Acaba, então o discurso proselitista, engabeloso do governo que disse não usar o critério do apadrinhamento político, o partidarismo político-ideológico como critério para distribuição de verbas do Estado”, enfatizou o deputado.

Fonte: Bahia Notícias