Jovem que matou a esposa grávida se diz arrependido

O ciúme foi a perdição na vida do jovem Wellington Santos, de apenas 19 anos de idade: por acreditar que sua esposa Zenaide, grávida de oito meses, o traía, o rapaz adquiriu uma arma calibre 38 e a executou com um tiro à queima roupa em Lauro de Freitas, na semana passada. Deseperado, após constatar que havia matado a esposa, Wellington tentou fugir, se escondendo em Mutuípe, onde foi capturado pela polícia e levado para período de prisão provisória no complexo policial de Santo Antônio de Jesus. No momento em que estava sendo conduzido pela polícia para a penitenciária onde cumprirá sua pena ele falou à imprensa santoantoniense de seu arrependimento. Wellington disse que pensa em cometer suicídio e de que, com a tragédia, sua vida práticamente acabou. Também pediu o perdão dos familiares da vítima e disse ter jogado a arma do crime no mar, durante sua fuga, no momento em que atravessava a Baía de Todos os Santos a bordo do ferry boat. Outra revelação chocante de Wellington foi a de que a vítima após ser alvejada ainda o teria abraçado e perdoado antes de morrer. Zenaide também o teria aconselhado a não fugir e se entregar à polícia para pagar pelo seu crime. Fonte: Site Andaiá FM