Candidatos não podem ser presos a partir deste sábado

Nenhum candidato a prefeito, vice-prefeito ou a vereador poderá ser detido nem preso, salvo em caso de flagrante delito, a partir deste sábado (20) – 15 dias antes do primeiro turno das eleições -, segundo a Justiça Eleitoral. Neste ano, serão eleitos os prefeitos e vice-prefeitos dos 5.563 municípios brasileiros e mais de 52 mil vagas de vereador. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cerca de 380 candidatos devem disputar o pleito. Entre 30 de setembro e 7 de outubro, nenhum eleitor poderá ser detido nem preso, com exceção dos casos de flagrante delito, sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou desrespeito a salvo-conduto.

Fonte: Ibahia