É grave estado de Eloá

Em coletiva a médica Grace Mayre Lydia, neurocirugiã que participou do atendimento a Eloá Cristina Pimentel, e de sua amiga Nayara Silva, as duas adolescentes baleadas pelo seqüestrador Lindemberg Alves, em Santo André, no ABC, que se  submeteram a cirurgias na noite de ontem disse que não foi possível retirar a bala que ficou alojada na cabeça da jovem Eloá. “É um caso muito grave e é um diagnóstico bem reservado”. Nayara está fora de perigo.