Presidente do PMDB fala sobre ações na justiça eleitoral

 Sobre os comentários de recursos no TRE impretados pela coligação Com a Vontade do Povo, recebems a seguinte nota do presidente do PMDB Geraldo Reis:

Léo, Cumpre-nos informar a você e todos os leitores deste BLOG, que ainda não fizemos nenhum recurso ao TRE, as representações eleitorais, mais de dez, estão aguardando a fase de instrução, onde o Juiz Eleitoral estará julgando inicialmente os processos, não poderíamos encaminhar estas representações diretamente ao TRE, sem que as mesmas antes sejam submetidas ao juízo de 1ª Entrância. Vale a pena ressaltar que estas ações foram protocoladas no Cartório Eleitoral, no período da campanha, bem antes das eleições, fundamentadas nos abusos cometidos pela coligação do Senhor prefeito, que infringiram diretamente a legislação eleitoral, mais especificamente abusando economicamente no pleito, praticando condutas vedadas, como a utilização da maquina administrativa em favor da sua candidatura. A lei 64/90, que versa sobre tais abusos, estipula prazos e regras para o julgamento destas ações, por isso a necessidade de aguardar a decisão do Sr. Juiz antes de encaminharmos algum recurso ao TRE, garanto que estaremos acompanhando de perto estas ações, para que as eleições em nossa cidade parem de ser decididas da forma como foram as duas ultimas, pelo poder econômico, pelas obras eleitoreiras, pela captação de sufrágio, comumente chamada de compra de voto, etc. Acreditamos que as representações que estão tramitando em nossa cidade, sejam suficientes para punir tais praticas abusivas e ofensivas à democracia, punindo seus autores e os que se beneficiaram de tais crimes eleitorais. Portanto a qualquer momento, poderemos ter novidades na política de nosssa cidade, como ocorrera em Medeiros Neto, cidade do sul da Bahia, onde a Juíza local já sentenciou cassação do candidato reeleito, por crime semelhante aos que ocorreram na nossa querida Santo Antonio de Jesus, estamos no aguardo destes julgamentos. Abraços, Geo.