Quantos sonharam com a vereança e acordaram no meio da lambança…

Até hoje muitos candidatos a vereador ( isso sem falar nos candidatos a prefeito… ) ainda seguem contabilizando o prejuízo da campanha.  Na hora em que está acontecendo o corre corre da campanha, a adrenalina também corre solta e não faltam aduladores de ocasião que costumam chegar a todo momento dizendo que o nome do amigo está na boca do povo e os votos já garantidos. A cena seguinte, para alguns é boa mas para a imensa maioria é mesmo como o despertar de um sonho: uma lambança terrível que inclui desde a gozação de quem não tem espírito democrático suficiente para conviver com as diferenças até as cobranças  financeiras deixadas pelo caminho da corrida eleitoral.   Essa é a nossa política – quem provou o sabor diz que é igual cachaça, não pode gostar senão vira vício.