Sites podem fazer propaganda politica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) liberou esta sexta-feira (17) o uso de páginas da Internet para a publicidade de campanhas eleitorais. A redação do parágrafo que disciplina a propaganda eleitoral foi modificada por cinco votos a dois pelos ministros do TSE. A decisão acontece a oito dias das eleições e permite que os sites expressem opiniões sobre candidatos e publiquem propagandas políticas. A justificativa do presidente do TSE, ministro Ayres Britto, é a de que a imprensa escrita dispõe do “mais desembaraçado tratamento jurídico em tema de liberdade de pensamento, de comunicação e de informação. Daí não me parecer constitucionalmente defensável  submetê-la à vedação do parágrafo quinto do artigo 21 da Resolução 22.718”, ressaltou. (fonte: Bahia Notícias)