Cadê a cultura de Santo Antônio?

Leiam o curioso comentário de uam internauta que se identifica como Liane sobre a cultura, ou melhor, a falta dela em nossa cidade:

Percebo a diferença entre Cruz das Almas e SAJ, porque Cruz tornou-se uma cidade com um nível cultural maior que Santo Antonio, primeiro pelo engajamento que os universitários têm com a cidade, até mesmo, porque os cursos superiores de lá, atraem pessoas voltadas à arte. Segundo, infelizmente SAJ é totalmente voltada para o comércio e terceiro, depois de Renato Machado, um prefeito desativou o centro Cultural, o seguinte transformou o anfiteatro em estacionamento e nenhum outro gestor preocupou-se em valorizam e até “financiar” a cultura local, contribuindo assim, para o acesso da população à cultura. Até porque, algumas das festas que já fui em Cruz das Almas, tem um bom público de Santo Antonio de Jesus, então, falta de público eu acredito que não seja. Aí que saudade dos tempos de centro cultural, espetáculos de Dança, Teatro, Música, Literatura, dos painéis na parede, que eu criança não compreendia e morria de medo. Mas, espero que além da tão esperada reforma do Centro Cultural aconteça logo, a inauguração do SESC, que por sua vez, mesmo sem teatro ou local apropriado tem trazido brilhantes eventos para a cidade. É, como no teatro “Merda pra todo mundo!”