Dra Sonia Suga diz que havia quadrilha na prefeitura de Conceição do Almeida

A Promotora de Justiça Dra. Sônia Suga afirmou, em seu primeiro esclarecimento à imprensa da região sobre os inquéritos que levaram ao afastamento do prefeito de Conceição do Almeida Joel Neiva, que até recentemente havia uma quadrilha instalada na prefeitura da cidade.  Ainda segundo a magistrada, valores em torno de seis milhões de reais teriam sido desviados dos cofres públicos municipais e mais de duzentos cheques sem fundos emitidos pelos acusados.  Para a Dra Sônia, os processos que levaram ao afastamento de Joel Neiva são bastante consistentes e, conforme disse, existiriam poucas chances de o gestor retornar ao cargo para cumprir os últimos meses do seu mandato, ainda que este recorra da decisão junto aos tribunais de Salvador e Brasília.