O que esperar da nova Câmara de Santo Antônio de Jesus

A gestão atual da Câmara de Santo Antônio de Jesus tem sido marcada por sessões relâmpago que chegam a durar um minuto e meio, dois minutos. Quando isso acontece, não quer dizer que a cidade não tenha o que discutir mas sim que temos vereadores pobres de discurso, que não discutem os problemas da cidade. Balançam a cabeça para o que vem de lá, as vezes não discutem, aprovam e desaprovam sem ter conhecimento da matéria que está em suas mãos.  Essa foi uma das piores Câmaras da história de Santo Antônio de Jesus. Mas a expectativa é de que a nova legislatura seja melhor.  Tem gente nova, gente que nunca ouvimos falar como, por exemplo o vereador eleito Tom, que surpreendeu a todos com sua grande votação.  Teremos também novos vereadores com histórico de lutas sociais e discursos contundentes, como Aílton e Uberdan e, do outro lado, um vereador polêmico – Délcio Mascarenhas (  mas que só pelo fato de causar polêmica já tem sua importância garantida na mesa da Câmara ), a vice prefeita Dalva Mercês que vai para a Câmara levando a sua experiência administrativa e ainda Roque Pintor que deverá defender a causa evangélica além de apresentar projetos. O que se espera dessa nova casa do povo é que propostas e idéias sejam trazidas para discussão: questões como moto táxi, feira livre e outras precisam ser debatidas com seriedade.  Faltou iniciativa de vereadores que muitas vezes não tinham o que falar.  Sinto falta do tempo em que Chispita ( que agora volta a Câmara para fazer a diferença ) Sales e Murilo quando, fazendo cobertura jornalística, eu chegava a sair meia noite da Câmara, por causa da intensidade dos debates ali travados.  Hoje, quem se atrasa cinco minutos para chegar à sessão corre o risco de encntrar a Câmara fechada devido à brevidade das sessões. O povo mostrou seu descontentamento com essa situação e o resultado está aí – temos um Legislativo renovado- agora é esperar que seja renovado também o ânimo desse novos vereadores para defenderem a causa pública.