Quadrilha que simulava blitzes para assaltar foi desbaratada

Depois de quatro meses assaltando motoristas na BR-046 teve fim a série de crimes praticada por uma gangue que utilizava acessórios da Polícia Rodoviária Federal e Exército brasileiro ( inclusive fardas ) em falsas blitzes que aconteciam na estrada, principalmente à noite.   Com as prisões dos irmãos Marivaldo Santana do Rosário e Edvaldo Santana do Rosário, além de Florisvaldo Almeida de Oliveira (  caseiro que guardava os objetos roubados ) a polícia civil desbaratou a gangue que ainda contava com a participação de outros dois elementos foragidos, um deles comerciante que, segundo as informações, dava guarida e emprestava o carro para os criminosos praticarem os assaltos.