Quilombolas ocupam sede do Incra no CAB

Quilombolas do recôncavo baiano ocupam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), na manhã desta segunda-feira, 17 de novembro. Os descendentes de quilombos reivindicam a demarcação e titularização das terras. Estão presentes comunidades de Maragogipe, Santo Amaro, Ilha de Maré e Baía do Iguape. O portão do Incra está bloqueado para entrada de veículos, mas os funcionários são autorizados a entrar. Os quilombolas alegam só deixar o local com solução oficial da instituição. A manifestação coincide com as comemorações da Semana Nacional da Consciência Negra. No dia 20 de novembro, quinta-feira, é lembrada a morte de Zumbi dos Palmares.

Com redação de Pedro Caribé, do A TARDE On Line