10 ANOS DE IMPUNIDADE

Há dez anos 64 vidas foram ceifadas numa explosão de tendas de fabricação clandestina de fogos e Santo Antônio de Jesus passou a ser o centro da mídia no país. Na sua maioria mulheres que trabalhavam se direito trabalhista nenhum. Sem nenhuma condição de segurança. Salário irrisório, diante do risco que corriam, mas quando o dinheiro não dava para a feira os patrões socorriam com cestas básicas. Trabalhavam sem fiscalização do exercito ou de qualquer órgão responsável pelas normas de segurança. O governo foi omisso e esta omissão custou a vida dessas 64 pessoas. Como se não bastasse a dor dos familiares é relembrado a cada ano que este processo corre na justiça. A maior tragédia da história de nossa cidade e uma das maiores do nosso estado completa uma década, sem nenhuma decisão por parte da justiça, sem nenhuma indenização para as famílias das vítimas, o que não acabaria com dor de quem perdeu um filho, irmão, pai ou mãe, mas a lentidão da justiça no decorrer destes anos é de uma crueldade inexplicável com essas pessoas que sofrem até hoje em busca de paz em suas vidas e justiça. O vídeo abaixo produzido pela documentarista Aline Sasahara narra a tragédia, a dor das famílias e a luta por justiça. É incrível que este documentário foi feito a quase três anos e continua atual. Clique em Play in Popup para assitir.