Júnior quer ir para o Vitória

Supertricolor, meu filho de 10 anos que me perdoe, mas esta notícia é boa para o Vitorinha. Júnior, do São Paulo, o tricampeão brasileiro, está mais perto do que nunca do rubro-negro, com quem vem conversando, conversando e conversando. Muitas equipes, como o Atlético Mineiro, estão de olho nele, mas o jogador, de 35 anos, disse ontem que o seu coração é vermelho e preto, vermelho e preto, vermelho e preto. Filho de Santo Antônio de Jesus, Júnior estava ontem na Praia de Guaibim, em Valença, na casa de outro craque baiano, Liédson, que joga há cinco anos no Sporting de Lisboa e está se naturalizando português. Por que estará nosso futebolista a fazer isto? O gajo quer o líquido direito de jogar pela seleção da terra de Pedro Álvares Cabral. Cuidem-se, guarda-redes! (fonte: Atarde)