Uma cidade de médio porte sem área de apresentação cultural

Santo Antônio de Jesus, como toda cidade brasileira, tem suas deficiências em muitas áreas.  O que mais chama a atenção de quem por aqui chega, entretanto, é a falta de investimento a área cultural. Impressionante que uma cidade de médio porte como essa não tenha em funcionamento o seu centro cultural, cuja sede permanece fechada e em constante reforma. Santo Antônio também está sem seu estádio, o José Trindade Lobo. Diante disso, temos que cobrar a quem é de direito cobrar: ao prefeito, secretários e aos vereadores eleitos – especialmente aos representantes da oposição, com destaque para o vereador eleito Uberdan, sempre com foco voltado para a defesa da cultura e cidadania.  Para os novos e velhos representantes do povo, fica o recado : cultura não é luxo, é essencial.