Nazaré decreta Estado de Emergência devido à chuva

 

Cerca de 200 famílias ficaram desabrigadas nesta segunda-feira, 18, em Nazaré, município do Recôncavo Baiano (a 216km de Salvador), depois do transbordamento do Rio Jaguaripe, que corta a cidade, devido às chuvas que atingem a cidade desde a madrugada. A siuação levou o prefeito da cidade, Nilton Rabelo, a decretar Estado de Emergência nesta segunda-feira.  Segundo informações da prefeitura, as famílias estão abrigadas em casas de parentes e amigos em três instituições de ensino da cidade. A Creche Nossa Senhora de Fátima, a Escola Eduardo Carijé e o Colégio Estadual Luis Vianna Filho estão sendo usados como abrigos improvisados. Não há registro de mortos ou feridos. Segundo o prefeito, a cidade precisa de colchões, filtros de água, cobertores e utensílios domésticos. O prefeito informou que esses itens já foram solicitados à Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza do Estado (Sedes). A área mais atingida é a região central da cidade, onde o nível da água passou de um metro de altura em muitas casas. Eles informam que a chuva forte começou na tarde do último domingo, 17, e que o nível do rio subiu rapidamente durante a madrugada, obrigando-os a sair às pressas de suas residências. Meteorologia – No último domingo, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alera para chuva moderada a fote em todo o Recôncavo válido para esta segunda-feira, 18. Segundo o Inmet, o tempo deve melhora na região a partir desta terça-feira, 19, mas ainda são esperados céu nublado e pancadas de chuva na região.

*com redação de Guilherme Lopes, do A TARDE On Line.