Artistas de Santo Antônio de Jesus querem criar entidade cultural

Artistas dos mais diversos seguimentos de Santo Antonio de Jesus se reuniram para discutir a criação de uma entidade que possa organizar o meio artístico institucionalmente a fim de facilitar o acesso aos recursos, programas de apoio e conseqüentemente ao mercado da arte, contribuindo para o aquecimento do setor cultural da cidade e da região do Recôncavo baiano. Convocado pelo bancário Mario Sergio de Araujo, funcionário do Banco do Nordeste, em parceria com artistas locais, o primeiro encontro teve caráter discursivo e pretendeu apresentar aos músicos, artistas plásticos, atores, escritores, dançarinos, cineastas, entre outros artistas, a proposta da criação do Instituto Cultural do Recôncavo (INCR). A instituição teria como objetivos principais, fundar, capacitar e manter estabelecimentos de cunho artístico, cultural, educativo e recreativo, promover eventos que possibilitem o resgate da tradicional cultura popular do Recôncavo, bem como contribuir para a organização de eventos e programas voltados à defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico da região. Durante o encontro, os idealizadores da proposta conheceram os artistas santo-antonienses e apresentaram o perfil que pretendem estabelecer para a entidade.