Cesar Borges é homenageado por tentar aumentar os gastos públicos

 

O senador César Borges (PR-BA) foi eleito pela União dos Vereadores do Brasil (UVB) como o padrinho dos parlamentares municipais e seus suplentes em todo o país. O título simbólico foi oferecido em razão da realização do VI Encontro Norte-Nordeste de Vereadores, que acontecerá na cidade de Porto Seguro nesta quinta (27), evento que reunirá diversos representantes de todo o Brasil para a discussão de problemas próprios da classe. O senador baiano foi escolhido como padrinho por ter criado a Proposta de Emenda Constitucional dos Vereadores, que aumenta o número de legisladores municipais e abre caminho para que diversos suplentes assumam cargos. O republicano confirmou presença no evento. Resta saber se, depois do título que recebeu, Borges também terá sua mão beijada.

Nossa Opinião:

Na verdade o aumento no número de vereadores não aconteceu porque a Proposta de Emenda Constitucional dos Vereadores do senador César Borges previa aumento no repasse, alterando o projeto original da Câmara dos deputados, alterando o ponto que reduzia o repasse para as câmaras municipais. Eu sempre defendi aqui uma correção nos critérios atuais que ninguém consegue entender como cidades menores do que Santo Antônio tenham mais legisladores como Cruz das Almas que deu posse a 15 e Sapeaçu que tem empossou 13. Mas a correção tem que ser feita sem aumentar os gastos públicos, afinal como bem comparou o cirurgião Dr. Antônio Carlos um vereador acaba ganhando muito mais que um médico quando comparadas as horas trabalhadas, só não dá para comparar a utilidade destes para a população.