Queda de palmeira no centro da cidade já era prevista

 

O que aconteceu neste final de semana em Santo Antônio todos nós já sabíamos que era iminente. Foi uma resposta da natureza. Há mais ou menos quatro anos atrás recebi denúncia de que teriam jogado veneno tordon na base de uma das palmeiras centenárias da cidade. A palmeira que caiu na avenida Luís Argôlo já estava em falso há muito tempo, como se a base da árvore já estivesse apodrecida. Temos que conversar com um especialista, mobilizar o Ministério Público na pessoa do Dr. Julimar,  para que examine as palmeiras do local já que estas também podem estar comprometidas e prestes a causar novos acidentes. Não se pode afirmar ainda que o veneno tordon teria sido a causa da queda da palmeira mas é preciso se certificar que novos desastres não venham a acontecer para que não destruam no próximo temporal outro estabelecimento comercial, um veículo ou mesmo a vida de uma pessoa que esteja passando por ali. Com certeza não poderíamos perder o belo título de cidade das palmeiras mas penso que já seria hora de se reavaliar o assunto, quem sabe até replantando essas palmeiras num local mais propício e menos perigoso como, por exemplo, a entrada da cidade.