Inquérito sobre o caso do menino de agulhas é encerrado

O delegado da cidade de Ibotirama, no sudoeste do estado, j? encerrou o inqu?rito que apura o caso do menino de apenas dois anos que foi perfurado por dezenas de agulhas. Segundo a investiga??o liderada por Elder Fernandes, Roberto Carlos Magalh?es – padrasto da v?tima – e sua amante, Angelina Capistana Ribeiro, foram os respons?veis pelo ato e ser?o indiciados por tentativa de homic?dio qualificado. O relat?rio ser? entregue ? Justi?a ainda nesta ter?a (29) e ambos continuam presos ? espera de julgamento.