Assaltante foi morto por policial após roubar celular e manter mulher como refém

Cristian da Silva Cursino Souza, 19 anos, foi morto a tiros em um confrtonto com um policial militar pro volta das 16h de segunda-feira (02), em Madre de Deus, Regi?o Metropolitana de Salvador, depois de ter roubado o celular de uma mulher e ter invadido uma casa, onde fez uma outra mulher ref?m enquanto na tentava fugir do oficial. De acordo com informa??es da 17? Delegacia (Madre de Deus), assim que a mulher foi assaltada no bairro Nova Madre de Deus, avistou o PM e o informou sobre o ocorrido. O policial conseguiu localizar o bandido andando em uma via p?blica, mas antes da abordagem o acusado saiu correndo. Houve persegui??o a p?, at? que o PM pegou a moto de um conhecido que passava pela rua e seguiu o assaltante at? uma casa que o bandido invadiu – no bairro Caminho da Luz – onde o assaltante fez a dona da casa ref?m. A v?tima conseguiu soltar-se do assaltante e pular a janela – o que causou muitas escoria??es pelo seu corpo. Em seguida, o policial militar entrou na resid?ncia e teve uma luta corporal com Cristian que tamb?m estava armado e acabou sendo baleado no t?rax. Cristian j? tinha registros de passagem pela pol?cia na 7? Delegacia (Rio Vermelho), por assalto a m?o armada na orla da capital.

Fonte: Correio da Bahia