Poemetos do Amor

I

Toda vez que eu?
Achava-me indeciso,
n?o sei o porqu?:
um ardor, um frio,
apoderava-se do meu cora??o
toda vez que eu?
Sentia ? minh?alma queimando,
j? n?o enxergava direito
toda vez que eu?
Tantas outras coisas que sentia,
cansativo seria,
enumera-las!?
Toda vez que eu?
Mais tarde fui compreender
o significado de tudo isso que sentia:
era simplesmente porque?
Toda vez que eu?
Via voc?!? Via voc?!?

II

Gosto de ver o mar,
porque o mar ? belo!?
Gosto de ver as flores,
porque as flores s?o belas!?
Gosto de ver os p?ssaros,
porque os p?ssaros s?o belos!?
Gosto enfim: de ver a natureza,
porque a natureza ? bela!?
Gosto de ver as coisas simples,
porque as coisas simples s?o belas!?
Por isso: gosto de ver voc?!..

III

Gosto dos seus olhos,
dos seus olhos que
brilham ? minh?alma!?
Gosto dos seus l?bios,
dos seus l?bios que
perfumam os meus!?
Gosto do seu rosto,
do seu rosto que as
minhas m?os gostam
de acariciar!?
Gosto do seu colo,
do seu colo
que ? t?o macio!?
Gosto dos seus seios,
dos seus seios alvos, belos!?
Gosto enfim de sua alma,
de sua alma bondosa!?
Por isso digo somente,
simplesmente,
gosto de voc?!?

IV

Esses teus travessos olhos,
s?o mais lindos que as estrelas,
s?o mais lindos que o mar!?
Esse teu olhar cheio de vida,
cheio de encanto,
afoga minh?alma
e faz o meu amor suspirar!?
Esses teus l?bios mimosos
enganam at? ao beija-flor;
esses teus sorrisos maviosos,
representam o mais lindo e puro amor!?
Essa tua cinturinha;
esse teu corpo, sutil, conciso,
atormenta-me o ju?zo,
apaga-me o pensar!?
Esses teus encantos representam
o teu corpo e alma,
resta-me admirar!?
Se teus encantos todos
eu fosse a enumerar?
Nunca, nunca acabaria!!?

V

Quando os teus negros cabelos
n?o mais acariciar,
quando o teu lindo corpo n?o mais abra?ar,
d?-me apenas?
Quando n?o te ver nunca mais,
quando estiver dormindo em paz,
dormindo o sono da eternidade,
d?-me apenas? Por piedade:
? as tuas flores, as tuas ora??es,
o teu lindo sorriso!?
(nada de l?grimas.)
Se algum dia ainda,
merecer o teu afeto!..

joscar